Fundação Dom Cabral sobe em ranking mundial

A educação executiva em Minas Gerais ganha destaque internacional por meio da Fundação Dom Cabral (FDC). A instituição foi incluída, mais uma vez, no ranking das melhores escolas de negócios do mundo, segundo o jornal britânico “Financial Times”.

Este ano, a FDC ficou na 10º lugar, o que representa um avanço de duas posições em relação ao ano passado, quando ocupava o 12º lugar. Na América Latina, a escola permanece na primeira colocação pela 14ª vez consecutiva.

O levantamento considera diversos critérios e aspectos que vão desde as instalações físicas,passando pelo programa dos cursos, até o nível, gênero e nacionalidade dos profissionais. Na edição de 2019, a FDC teve alguns reconhecimentos de destaque, como nos quesitos desenho do programa; resultados alcançados; corpo docente e instalações. Nesse último, a escola conquistou o primeiro lugar.

“Nossas instalações em Nova Lima foram consideradas as melhores do mundo nesse critério no ranking de Programas Customizados, o que é um orgulho para Minas Gerais”, destaca o vice-presidente executivo, Aldemir Drummond.

Ele também comemora os demais reconhecimentos, lembrando que o destaque no quesito“resultados alcançados” é uma das principais provas da qualidade do que a instituição oferece.

“Ter essa avaliação dos clientes de que o resultado que eles esperavam realmente foi alcançado é muito importante para a FDC”, destaca.

Os critérios para a elaboração do ranking do “Financial Times” levam em conta a opinião das empresas e participantes que são clientes das escolas de negócios, o que corresponde a 80%da avaliação. Os 20% restantes são dados enviados pelas próprias instituições de ensino executivo.

Drummond acredita que a presença contínua e cada vez melhor da FDC no ranking internacional tem a ver com a história e os princípios seguidos pela instituição nos últimos 40 anos. Um desses princípios é o “fazer com o cliente”. Segundo ele, os programas dos cursos são construídos de acordo com necessidade do mercado.

Além disso, o vice-presidente reforça que a instituição segue um parâmetro internacional com parceria com escolas estrangeiras. “Nós olhamos para o contexto global do que é a educação executiva”, afirma.

Drummond arma que o destaque no ranking é importante para a instituição, que ganha ainda mais reconhecimento nacional e internacional. Segundo ele, a escola tem planos importantes para 2019, como a execução de programa focado na educação executiva para a transformação da sociedade e um serviço de personalização de educação para ajudar diferentes profissionais a desenharem suas carreiras.

Fonte: DC

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.